FILTRAR

x

FILTROS

x

    LIMPAR

  • Abya-Yala

  • Arte/Educação

  • Brasilidades

  • Cultura Infância

  • Cultura Viva

  • Ecologias

  • Interfases

  • Letras e Literatura

  • Mapeadas

    LIMPAR

  • 20 - Podem as Práticas Artísticas Construir Territórios?

  • 19 - Zênite

  • 18 - Tecidos e tessituras da Cultura Popular

  • 17 - Recriação da Memória

  • 16 - Corpo Estendido

  • 15 - Educação como Política

  • 14 - Laboratório Rua

  • 13 - Florescer Criança

  • 12 - Mundaréu de Brincadeira

  • 11 - Leitura e Suas Tecituras

  • 10 - Em Trânsitos

  • 09 - Reinvenção da Educação

  • 08 - Outras Ecologias

  • 07 - Tear em Casa

  • 06 - Rememorar

  • 05 - A Cena e o Som

  • 04 - Arte da Palavra

  • 03 - Brincantes

  • 02 - Arte e Natureza

  • 01 - Arte e Cultura Popular

    LIMPAR

  • Arte do Barro

  • Arte do Fio

  • Diário do Quintal

  • Fios de Prosa com Simas

  • Memórias da Arte/Educação

Mediação Cultural como arte/educação
Cartografia, ge­o­poé­ti­ca dos sen­ti­dos.
Táticas para criar buracos de minhoca
Essa é a pri­mei­ra me­ta­de da for­mu­la­ção de tá­ti­cas pa­ra cri­ar bu­ra­cos de mi­nho­ca. O que quer di­zer res­sig­ni­fi­car ter­ri­tó­ri­os? Como e porquê fazê-lo? O que es­sa res­sig­ni­fi­ca­ção acar­re­ta pa­ra a efer­ves­cên­cia de uma no­va ima­gi­na­ção po­lí­ti­ca?
É tempo de resistência
Sancionada em ju­lho de 2014 a Lei 13.018 cria a Política Nacional de Cultura Viva co­mo po­lí­ti­ca de Estado.  Mas do que tra­ta e qual a si­tu­a­ção de­la ho­je? Davy Alexandrinsky é par­te des­sa his­tó­ria des­de seu iní­cio em 2005 e par­ti­lha seu olhar com o Astrolábio.
Vitalino
A ar­te fei­ta de bar­ro, por um dos mai­o­res mes­tres bra­si­lei­ros
Cantos de um Sertão Carioca
O “Ecomuseu do Sertão Carioca”, cri­a­do em 2009,  tem co­mo pre­o­cu­pa­ções prin­ci­pais a pre­ser­va­ção do pa­trimô­nio cul­tu­ral ali­a­do ao de­sen­vol­vi­men­to so­ci­al. O ser­tão ca­ri­o­ca e seus in­ven­tá­ri­os são pen­sa­dos nos es­cri­tos de Bernardo Marques.
Um lugar para retornar
Dois re­la­tos tra­mam afe­tos, vi­vên­ci­as, me­mó­ri­as e lei­tu­ras de Vila Kennedy, Zona Oeste do Rio 
Largo da Fábrica das Chitas
Tijuca de Rua em Rua e 100 Anos da Praça Saens Peña
Um tecido que inspira a arte
 Brasilidade nas es­tam­pas de chi­ta
Sobre Cultura Popular e Educação
Possibilidades edu­ca­ti­vas nas tra­di­ções
Gargalhar o Porvindouro
Aurora, a bo­ne­ca gi­gan­te que já nas­ceu an­ciã
Samba, memória e mediação
As no­vas nar­ra­ti­vas da cul­tu­ra po­pu­lar no es­pa­ço ur­ba­no
Tecendo na Rota Rebouças
Arte edu­ca­ção, das tra­di­ções do Tear pa­ra a re­de de pon­tos.  Relato de Karen so­bre sua ex­pe­ri­ên­cia no per­cur­so for­ma­ti­vo.
O que torna um mestre, mestre?
A gen­te não tem mais ida­de pra tá lu­tan­do, a gen­te tem que tá so­man­do, tra­zen­do pes­so­as, agre­gan­do, eu sei que es­sa for­ma é no­va pra gen­te, mas a gen­te tem que acre­di­tar
Reisado dos Irmãos
Os nos­sos cír­cu­los e as ci­ran­das da tra­di­ção
Beijo de mundos e línguas – Corposinalizante
Experiênia do gru­po ar­tís­ti­co, aber­to a jo­vens sur­dos e ou­vin­tes que se in­te­res­sam pe­la Língua Brasileira de Sinais
Sobre pássaros, bibliotecas e participação
Qual o pa­pel da so­ci­e­da­de ci­vil na cons­tru­ção de po­lí­ti­cas pú­bli­cas do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca?
A vocação de educar
al­gu­mas pa­la­vras so­bre  o exer­cí­cio do tra­ba­lho da edu­ca­ção
ARTE, EDUCAÇÃO E CONSCIÊNCIA ORIGINAL
O pen­sa­men­to de Durmeval Trigueiro
O Guardião da Praça
A ge­lo­te­ca do Seu Noronha na pra­ça Rio Grande do Norte, no Engenho de Dentro, zo­na Norte do Rio de Janeiro.
Fios de Prosa com Simas – Pequenas Áfricas
O quin­to epi­só­dio da sé­rie Fios de Prosa
Fios de Prosa com Simas – Samba
O quar­to epi­só­dio da sé­rie Fios da Memória
Criança e Natureza
Observações (d)e Natureza Lúdica
Silêncio e Alvoroço
Conversações so­bre a sé­rie de pin­tu­ras da ar­tis­ta plás­ti­ca Martha Barros
Arte do Fio – Parte 4
Série te­ar­tei­ra so­bre  fi­an­dei­ras e fi­an­dei­ros da ci­da­de de Berilo a Francisco Badaró (MG)
Literatura Infantil e mediação de leitura
Pelo olhar de Sônia Travassos
O colecionador de Brincadeiras
Uma en­tre­vis­ta so­bre as his­tó­ri­as e in­ven­ções do brin­can­te Adelsim
Arte do Fio – Parte 2
Série te­ar­tei­ra so­bre  fi­an­dei­ras e fi­an­dei­ros da ci­da­de de Berilo a Francisco Badaró (MG)
Quarto de Despejo
A for­ça ins­pi­ra­do­ra da es­cri­to­ra e ca­ta­do­ra de pa­péis Carolina de Jesus ex­pres­sas em sue diá­rio de bor­do.
Literatura dos Povos Indígenas
Traduções das ex­pe­ri­ên­ci­as cul­tu­rais pa­ra a es­cri­ta
A Casa do Brincar
O cui­da­do e a pre­ser­va­ção da in­tui­ção hu­ma­na na Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri
Memórias da Arte/Educação – Virada Arteducativa
en­tre­vis­ta com Fernando Antônio Gonçalves de Azevedo
Arte do Fio – Parte 1
Série te­ar­tei­ra so­bre  fi­an­dei­ras e fi­an­dei­ros da ci­da­de de Berilo a Francisco Badaró (MG)
Folia de Imagens
Imagens da cul­tu­ra po­pu­lar
Ousar Utopias
Da  Educação Cidadã à edu­ca­ção que a pes­soa ci­da­dã cria. 
Memórias da Arte/Educação – Partilha de Saberes
en­tre­vis­ta com a Artista plás­ti­ca, cu­ra­do­ra e arte-educadora Laís Aderne (1937-2007), re­a­li­za­da na Confaeb, em 2004, no Rio de Janeiro
Educação Indígena
As di­fe­ren­tes ma­nei­ras de edu­car
Arte do Barro – Noivas
As ce­râ­mi­cas do Jequitinhonha à Tracunhaém, são exi­bi­das na sé­rie do­cu­men­tal “A Arte do Barro” re­a­li­za­da pe­lo Tear
Performance
Uma pro­pos­ta al­ter­na­ti­va pa­ra o Ensino da Arte
Rio de ágoras
Conversações so­bre a ci­da­de do Rio de Janeiro e seus ma­nan­ci­ais his­tó­ri­cos
A Caminho de Mariana
Fotógrafo Marcelo Valle re­la­ta sua ex­pe­ri­ên­cia em Mariana/MG após ca­tás­tro­fe pro­vo­ca­da por rom­pi­men­to de bar­ra­gem de mi­ne­ra­do­ra Samarco
Campo Grande e sua horta comunitária
Favela  abri­ga pro­je­to de edu­ca­ção ali­men­tar pa­ra adul­tos e cri­an­ças
Arte do Barro – Alegria
As ce­râ­mi­cas do Jequitinhonha à Tracunhaém, são exi­bi­das na sé­rie do­cu­men­tal “A Arte do Barro” re­a­li­za­da pe­lo Tear
Memórias da Arte/Educação – O Corpo não tem Fim
Angel Vianna e a dan­ça 
Pancs – A revolução alimentar
Alimentação al­ter­na­ti­va e in­ves­ti­ga­ti­va, sai­ba so­bre as plan­tas ali­men­tí­ci­as não con­ven­ci­o­nais, o pro­je­to Ka’a-eté e as Pancs do Tear
Luz, Câmera, Arte/Educação
um mo­vi­men­to in­de­pen­den­te de arte-educação atu­an­te no Rio de Janeiro, no Jacarezinho  , uma das mai­o­res fa­ve­las da ci­da­de. Lá as cri­an­ças fa­zem fil­mes.
Andanças Criativas
Os ca­mi­nhos es­sen­ci­ais da es­cri­ta pas­sam pe­la lei­tu­ra do mun­do
Arte do Barro – Minha História
As ce­râ­mi­cas do Jequitinhonha à Tracunhaém, são exi­bi­das na sé­rie do­cu­men­tal “A Arte do Barro” re­a­li­za­da pe­lo Tear
Memórias da Arte/Educação – Ana Mae: Revendo Conquistas
[Vídeo] Palestra na in­te­gra de Ana Mae Barbosa no Colóquio “Revendo Conquistas da Arte/Educação no Brasil” a con­vi­te do Centro de Formação e Estudos em Arte Educação do Tear, co­mo par­te da co­me­mo­ra­ção dos 35 anos do Instituto de Arte Tear.
Memória da Arte Educação
A arte/Educação se­la uma  no­va ami­za­de: a me­mó­ria. O Astrolábio pu­bli­ca sé­rie de en­tre­vis­tas iné­di­tas com a que po­de­ria se cha­mar 1ª Geração de Arte-Educadores do Brasil,  re­vi­si­tan­do as raí­zes e ra­di­can­tes que têm for­ti­fi­ca­do o Tear ao lon­go dos seus 35 anos de exis­tên­cia.
A Festa que é um Rio de Histórias
35 Anos ocu­pan­do a ci­da­de com ar­te
A Pequena África Hoje
Cais do Valongo o abri­go da cul­tu­ra vi­va
Nos Fluxos da Rota Brasil
Conheça uma ro­ta de pon­tos de cul­tu­ra que fa­zem a di­fe­ren­ça na ci­da­de do Rio de Janeiro
O que é brinquedo? As crianças respondem!
Nem sem­pre o brin­que­do, pa­ra a cri­an­ça, é aque­le ob­je­to pro­du­zi­do in­dus­tri­al­men­te ou ar­te­sa­nal­men­te co­mo brin­que­do.
Quintais do Xingu
O ter­mo in­fân­cia  nas­ce com a au­sên­cia de fa­la. Gabriela Romeu  vai na con­tra­mão des­se sig­ni­fi­ca­do e bus­ca dar voz às cri­an­ças a par­tir do pro­je­to Infâncias .
Memórias da Arte/Educação – Arte de educar
Noemia Varela e  o Movimento Escolinha de Arte do Brasil (MEA)
Arte do Barro – A Bonequinha do Vale
A bo­ne­quei­ra do Vale de Jequitinhonha
Loucura em Cena
O Hotel da lou­cu­ra  não é um pro­tes­to , é uma pro­pos­ta 
Bizunga, a dona do Toré
Uma beija-flor brin­can­te, guar­diã da me­mó­ria vi­va das brin­ca­dei­ras no Quilombo Carcará, na zo­na ru­ral de Potengi, no Cariri ce­a­ren­se.
Um Rio de Histórias – O Rio que nunca existiu
Venha pas­se­ar co­nos­co por um Rio de so­lu­ções ima­gi­na­das pa­ra pro­ble­mas con­cre­tos de mo­bi­li­da­de, po­lui­ção, edu­ca­ção e meio am­bi­en­te.
Hidroelétricas na Amazônia, qual é o problema? produzem “energia limpa”?
Animação ex­pli­ca di­rei­ti­nho o que acon­te­ce
Memórias da Arte/Educação – Teatro da Imaginação
Ilo Krugli e o Teatro Vento Forte
Um Encontro de poesia, música e cultura da infância
Regis­tro do­cu­men­tal, com ma­té­ri­as de jor­nais e fo­tos, ren­de ho­me­na­gem à me­mó­ria de Maria Mazzetti, cu­jos po­e­mas, mu­si­ca­dos por Denise Mendonça na dé­ca­da de 1970, de­ram ori­gem ao dis­co infanto-juvenil OLÁ, que co­me­mo­ra 35 anos.
Arte do Barro – Gente da Roça
As ce­râ­mi­cas do Jequitinhonha à Tracunhaém, são exi­bi­das na sé­rie do­cu­men­tal “A Arte do Barro” re­a­li­za­da pe­lo Tear
Memórias da Arte/Educação – Palavra e Fantasia
A pro­sa poé­ti­ca de Bartolomeu Campos de Queirós nos con­vi­da a uma par­ti­ci­pa­ção lí­ri­ca no mun­do.
O Processo – Fio e Feminino
Bordô, gra­fi­tei­ra e ar­te edu­ca­do­ra do Tear, fa­la de seu pro­ces­so cri­a­ti­vo e de sua ex­pe­ri­ên­cia na com­pa­nhia ci­ran­dei­ra.
Todo o poder da infância
Mc Soffia, me­ni­na de 11 anos, man­da a le­tra em seu rap de pro­tes­to
Arte do Barro – Mulher
Mulher é mais do que se pen­sa
Um jeito de morar e brincar na favela Jorge Turco
Entrevista com Paulo (9 anos) e Victor (6 anos)
Serra da Misericórdia
A úl­ti­ma área ver­de da Leopoldina na mi­ra dos ca­ça­do­res.
Parampampam
Música pa­ra cri­an­ças
Rádio Yandê
  A Rádio Yandê é a pri­mei­ra we­brá­dio in­dí­ge­na do Brasil. Informativa, edu­ca­ti­va e cul­tu­ral, bus­ca di­fun­dir as cul­tu­ras in­dí­ge­nas com uso das no­vas tec­no­lo­gi­as.
A poética do deslimite
Cartografia so­bre um Brasil de ar­tis­tas vis­ce­rais.
Francisco Brennand – Construtor de Catedrais
 O bar­ro co­mo ma­té­ria da cri­a­ção  é le­va­do ao seu pon­to má­xi­mo no mu­seu vi­vo de Brennand 
Roda de Pontos – seu ponto na roda
Encontro com os Pontos de Cultura no ca­sa­rão do Tear
A sustentável leveza do Xingu
As prá­ti­cas in­dí­ge­nas de ar­qui­te­tu­ra na­tu­ral e co­le­ta de se­men­tes são exem­plos de sus­ten­ta­bi­li­da­de
Lydia Hortélio e a brincadeira musicada
Brincar é o úl­ti­mo re­du­to de es­pon­ta­nei­da­de que a hu­ma­ni­da­de tem.
Arte do Barro – O Pacto
As ce­râ­mi­cas do Jequitinhonha à Tracunhaém, são exi­bi­das na sé­rie do­cu­men­tal “A Arte do Barro” re­a­li­za­da pe­lo Tear
Um passeio pelo Território do Brincar
Uma vi­a­gem pe­lo Brasil em bus­ca de brin­que­dos e brin­ca­dei­ras. Território do Brincar é um pro­je­to fei­to em fa­mí­lia, e apre­sen­ta uma co­le­ção de in­fân­ci­as es­pa­lha­das pe­lo país.