FILTRAR

x

FILTROS

x

    LIMPAR

  • Abya-Yala

  • Arte/Educação

  • Brasilidades

  • Cultura Infância

  • Cultura Viva

  • Ecologias

  • Interfases

  • Letras e Literatura

  • Mapeadas

  • Mixada

    LIMPAR

  • 21 - Espaço habitado, território de criação

  • 20 - Podem as Práticas Artísticas Construir Territórios?

  • 19 - Zênite

  • 18 - Tecidos e tessituras da Cultura Popular

  • 17 - Recriação da Memória

  • 16 - Corpo Estendido

  • 15 - Educação como Política

  • 14 - Laboratório Rua

  • 13 - Florescer Criança

  • 12 - Mundaréu de Brincadeira

  • 11 - Leitura e Suas Tecituras

  • 10 - Em Trânsitos

  • 09 - Reinvenção da Educação

  • 08 - Outras Ecologias

  • 07 - Tear em Casa

  • 06 - Rememorar

  • 05 - A Cena e o Som

  • 04 - Arte da Palavra

  • 03 - Brincantes

  • 02 - Arte e Natureza

  • 01 - Arte e Cultura Popular

    LIMPAR

  • Arte da renda - 1º temporada

  • Arte do Barro

  • Arte do Fio

  • Diário do Quintal

  • Ecos da Palavra

  • Fios de Prosa com Simas

  • Intercâmbios Andarilhos

  • Memórias da Arte/Educação

Ciranda Brasileira, 15 anos de arte e vida
[Vídeo] O projeto para crianças e adolescentes de classes populares no Rio de Janeiro que virou programa de formação artístico-cultural para a vida inteira.  A fundadora do Instituto de Arte Tear apresenta vídeo sobre a experiência que se tornou referência em arte/educação.
A teimosa memória na encruzilhada do espaço público
Em uma sociedade grafocêntrica, como a nossa, parece “natural” que a memória escrita assuma certa simpatia com aqueles que dominam o código. Todavia, a nossa sociedade não é apenas uma, ocidental por antonomásia, como a pretendem suas elites, e não se narra apenas com palavras.  
Cláudio Honorato
Extrato da entrevista com o representante do Instituto Pretos Novos. Episódio da série Intercâmbios Andarilhos [Vídeo]
Georgie Echeverri
Extrato de entrevista com o representante do Museu do Samba. Episódio da série Intercâmbios Andarilhos [vídeo]
Bianca Wild
Extrato de entrevista com o representante do Ecomuseu de Sepetiba . Episódio da série Intercâmbios Andarilhos [vídeo]
Luiz Antônio de Oliveira
Extrato de entrevista com o representante do Museu da Maré. Episódio da série Intercâmbios Andarilhos [vídeo]
Vai todo mundo no caminho de Mercadinho
Para florescer as  memórias da infância
Apresentação Astrolábio
O brinquedo de navegar sem perder o Sul
Mediação Cultural como arte/educação
Cartografia, geopoética dos sentidos.
Lembranças de Sepetiba
Neste vídeo moradores de Sepetiba – RJ contam lembranças da praia, causos pouco conhecidos como o da lama da praia que fazia milagres, antes do processo de poluição da baía, e de quando haviam festas de tradições afrobrasileiras na virada no ano. O Ponto de Cultura a A era do Radio, de Sepetiba foram parceiros […]
Roda
Abrindo as rotas de navegação do Astrolábio em espanhol (ou castelhano, para sermos mais precisos) a nossa querida Eunice Muruet nos envia este pequeno e belo texto de fronteira, que reflete sobre o lugar da rodas e ciclos da/na cultura da nossa América
É tempo de resistência
Sancionada em julho de 2014 a Lei 13.018 cria a Política Nacional de Cultura Viva como política de Estado.  Mas do que trata e qual a situação dela hoje? Davy Alexandrinsky é parte dessa história desde seu início em 2005 e partilha seu olhar com o Astrolábio.
Cantos de um Sertão Carioca
O “Ecomuseu do Sertão Carioca”, criado em 2009,  tem como preocupações principais a preservação do patrimônio cultural aliado ao desenvolvimento social. O sertão carioca e seus inventários são pensados nos escritos de Bernardo Marques.
Regar ideias
Nossa semeadura durante os anos de existência do Tear na versão online 
Rememorar
Garimpo de boas histórias
Um lugar para retornar
Dois relatos tramam afetos, vivências, memórias e leituras de Vila Kennedy, Zona Oeste do Rio 
Largo da Fábrica das Chitas
Tijuca de Rua em Rua e 100 Anos da Praça Saens Peña
Um tecido que inspira a arte
 Brasilidade nas estampas de chita
Sobre Cultura Popular e Educação
Possibilidades educativas nas tradições
Gargalhar o Porvindouro
Aurora, a boneca gigante que já nasceu anciã
Samba, memória e mediação
As novas narrativas da cultura popular no espaço urbano
Tecendo na Rota Rebouças
Arte educação, das tradições do Tear para a rede de pontos.  Relato de Karen sobre sua experiência no percurso formativo.
Brincar é essência e processo
O projeto Mundaréu de Brincadeira como campo de investigação e de atuação no mundo
O que torna um mestre, mestre?
A gente não tem mais idade pra tá lutando, a gente tem que tá somando, trazendo pessoas, agregando, eu sei que essa forma é nova pra gente, mas a gente tem que acreditar
Reisado dos Irmãos
Os nossos círculos e as cirandas da tradição
Beijo de mundos e línguas – Corposinalizante
Experiênia do grupo artístico, aberto a jovens surdos e ouvintes que se interessam pela Língua Brasileira de Sinais
A morada poética de Frida Khalo  
Sua imagem contemporânea e a visceralidade experimentada
A vocação de educar
algumas palavras sobre  o exercício do trabalho da educação
O Guardião da Praça
A geloteca do Seu Noronha na praça Rio Grande do Norte, no Engenho de Dentro, zona Norte do Rio de Janeiro.
Fios de Prosa com Simas – Pequenas Áfricas
O quinto episódio da série Fios de Prosa
Expedições peripatéticas com ginga carioca
cartografias dos passos e compassos do samba e da memória da cidade
Fios de Prosa com Simas – Samba
O quarto episódio da série Fios da Memória
A vida urbana e o brincar
Qual o tempo e espaço da brincadeira compartilhada nos espaços públicos?
Criança e Natureza
Observações (d)e Natureza Lúdica
Tecendo Histórias pela Cidade
Redes de contadores de histórias e cantadores de poesias se articulam ampliando os círculos no Rio de Janeiro
Cartografias em movimento
da reinvenção do público do espaço urbano e do desejo de destruir invisibilidades cotidianas
Educação Indígena
As diferentes maneiras de educar
Nos Fluxos da Rota Brasil
Conheça uma rota de pontos de cultura que fazem a diferença na cidade do Rio de Janeiro
Os olhos do não visto
Gandhy Piorski reflete sobre a simbologia e a infância do povo Mursi, a partir de ensaio fotográfico de Hans Silvester.
Francisco Brennand – Construtor de Catedrais
 O barro como matéria da criação  é levado ao seu ponto máximo no museu vivo de Brennand 
Um passeio pelo Território do Brincar
Uma viagem pelo Brasil em busca de brinquedos e brincadeiras. Território do Brincar é um projeto feito em família, e apresenta uma coleção de infâncias espalhadas pelo país.