FILTRAR

x

FILTROS

x

    LIMPAR

  • Abya-Yala

  • Arte/Educação

  • Brasilidades

  • Cultura Infância

  • Cultura Viva

  • Ecologias

  • Interfases

  • Letras e Literatura

  • Mapeadas

    LIMPAR

  • 20 - Podem as Práticas Artísticas Construir Territórios?

  • 19 - Zênite

  • 18 - Tecidos e tessituras da Cultura Popular

  • 17 - Recriação da Memória

  • 16 - Corpo Estendido

  • 15 - Educação como Política

  • 14 - Laboratório Rua

  • 13 - Florescer Criança

  • 12 - Mundaréu de Brincadeira

  • 11 - Leitura e Suas Tecituras

  • 10 - Em Trânsitos

  • 09 - Reinvenção da Educação

  • 08 - Outras Ecologias

  • 07 - Tear em Casa

  • 06 - Rememorar

  • 05 - A Cena e o Som

  • 04 - Arte da Palavra

  • 03 - Brincantes

  • 02 - Arte e Natureza

  • 01 - Arte e Cultura Popular

    LIMPAR

  • Arte do Barro

  • Arte do Fio

  • Diário do Quintal

  • Fios de Prosa com Simas

  • Intercâmbios Andarilhos

  • Memórias da Arte/Educação

Táticas para criar buracos de minhoca
Essa é a pri­mei­ra me­ta­de da for­mu­la­ção de tá­ti­cas pa­ra cri­ar bu­ra­cos de mi­nho­ca. O que quer di­zer res­sig­ni­fi­car ter­ri­tó­ri­os? Como e porquê fazê-lo? O que es­sa res­sig­ni­fi­ca­ção acar­re­ta pa­ra a efer­ves­cên­cia de uma no­va ima­gi­na­ção po­lí­ti­ca?
Bons Companheiros
per­to ou lon­ge não im­por­ta, o afe­to vi­go­ra
Entrevistas
Boas pro­sas as­trais
Rememorar
Garimpo de bo­as his­tó­ri­as
Um lugar para retornar
Dois re­la­tos tra­mam afe­tos, vi­vên­ci­as, me­mó­ri­as e lei­tu­ras de Vila Kennedy, Zona Oeste do Rio 
Sobre Cultura Popular e Educação
Possibilidades edu­ca­ti­vas nas tra­di­ções
Samba, memória e mediação
As no­vas nar­ra­ti­vas da cul­tu­ra po­pu­lar no es­pa­ço ur­ba­no
Tecendo na Rota Rebouças
Arte edu­ca­ção, das tra­di­ções do Tear pa­ra a re­de de pon­tos.  Relato de Karen so­bre sua ex­pe­ri­ên­cia no per­cur­so for­ma­ti­vo.
Brincar é essência e processo
O pro­je­to Mundaréu de Brincadeira co­mo cam­po de in­ves­ti­ga­ção e de atu­a­ção no mun­do
Reisado dos Irmãos
Os nos­sos cír­cu­los e as ci­ran­das da tra­di­ção
Os audiolivros do coletivo Manguinhos em Cena
A pa­la­vra po­de ser di­ta, li­da, en­ce­na­da e sen­ti­da de di­fe­ren­tes for­mas
Fui ao Chile e não o achei
O en­sur­de­ce­dor si­lên­cio da no­va me­tró­po­le que se le­van­ta so­bre o tú­mu­lo da pró­pria me­mó­ria, os­ten­ta a sua or­ga­ni­za­ção do es­pa­ço ur­ba­no ho­mó­lo­ga ao dis­cur­so ne­o­li­be­ral que lhe deu ori­gem e ra­zão de ser.  Que so­ci­e­da­de en­si­na Santiago ho­je? Como edu­car sem me­mó­ria?
Fios de Prosa com Simas – Pequenas Áfricas
O quin­to epi­só­dio da sé­rie Fios de Prosa
Fios de Prosa com Simas – Samba
O quar­to epi­só­dio da sé­rie Fios da Memória
Histórias tecidas nas estradas
Schirley França e seu mun­da­réu de brin­que­dos e his­tó­ri­as po­pu­la­res
Fios de Prosa com Simas – Mestiçagem
Registros do en­con­tro com Luiz Antônio Simas no Instituto Tear
Fios de Prosa com Simas
Registros do en­con­tro com Luiz Antônio Simas no Instituto Tear 
Fios de Prosa com Simas – Cidades e Culturas
Registros do en­con­tro com Luiz Antônio Simas no Instituto Tear
Fios de Prosa com Simas – Epifania
O Primeiro epi­só­dio da sé­rie Fios da Memória
Crianças-Soldado
Pesquisa de Jana Tabak so­bre cri­an­ças que con­vi­vem en­tre con­fli­tos ar­ma­dos
Diário do Quintal- Círculo da Terra
A vi­da na hor­ta do Tear é di­nâ­mi­ca e não se uti­li­za ne­nhum ti­po de ve­ne­no pa­ra man­ter o con­tro­le dos in­se­tos. Plantamos fo­lhas, fru­tos e raí­zes pa­ra que a di­ver­si­da­de tra­ga equi­lí­brio e os ani­mais pos­sam con­vi­ver sem gran­des pre­juí­zos.
Diário do Quintal – Flor – Leopardo
Enquan­to bus­ca­va aque­le som sel­va­gem no jar­dim do Tear, o jar­di­nei­ro viu que ha­via bro­ta­do uma be­la flor amarelo-rajada, e vá­ri­as de­las, lin­dís­si­mas, que cha­ma­ram sua aten­ção.
Diário do Quintal – Jasmin
A pe­que­na Jasmim-Manga re­ce­beu o no­me de Frangipani. Seu aro­ma pu­xou da mãe, a chei­ro­sa Jasmim. De seu pai, her­dou a ver­de fo­lha­gem – he­ran­ça de fa­mí­lia dos Srs. Mangueira.
Diário do Quintal – Abiu Amarelo
O que a an­do­ri­nha bus­ca­va com o sol, o mor­ce­go, a noi­te viu. Naquela fron­do­sa ár­vo­re, os dois co­mi­am o abiu.
A Casa do Brincar
O cui­da­do e a pre­ser­va­ção da in­tui­ção hu­ma­na na Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri
Memórias da Arte/Educação – Virada Arteducativa
en­tre­vis­ta com Fernando Antônio Gonçalves de Azevedo
Diário do Quintal- Goiabeira
Da goi­a­ba, goi­a­ba­da, Um pra­zer pra quem tem ne­ces­si­da­de de for­mi­ga. Vitamina C pra for­ta­le­cer. E do bro­to o chá pra bar­ri­ga não do­er
Diário do Quintal – Percevejo
Mas não são só as cri­an­ças e os cui­da­do­res da ca­sa que usu­fru­em da ma­ra­vi­lho­sa co­zi­nha da hor­ta. Alguns ani­mais, es­pe­ci­al­men­te in­se­tos, ha­bi­tam os di­ver­sos can­ti­nhos do jar­dim pa­ra se re­pro­du­zi­rem, se ali­men­ta­rem e cri­a­rem seus fi­lhos.
Diário do Quintal – Co-evolução
A po­li­ni­za­ção é um fenô­me­no surpreendente.Do ór­gão re­pro­du­tor mas­cu­li­no pa­ra o fe­mi­ni­no, o  grão de pó­len se­gue con­ten­te o seu ca­mi­nho
Memórias da Arte/Educação – Partilha de Saberes
en­tre­vis­ta com a Artista plás­ti­ca, cu­ra­do­ra e arte-educadora Laís Aderne (1937-2007), re­a­li­za­da na Confaeb, em 2004, no Rio de Janeiro
Educação Indígena
As di­fe­ren­tes ma­nei­ras de edu­car
Diário do Quintal – Caju
O jar­di­nei­ro ti­nha ra­zão quan­do re­sol­veu plan­tar. O ca­ju nas­ceu bo­ni­to aqui no quin­tal do Tear.
Diário do Quintal – Bananeira
Coisa sé­ria é brin­ca­dei­ra, ela brin­ca mas não en­ga­na. Essa his­tó­ria con­ta so­bre o mui­to be­lo co­ra­ção da ba­na­na..
Rio de ágoras
Conversações so­bre a ci­da­de do Rio de Janeiro e seus ma­nan­ci­ais his­tó­ri­cos
A Caminho de Mariana
Fotógrafo Marcelo Valle re­la­ta sua ex­pe­ri­ên­cia em Mariana/MG após ca­tás­tro­fe pro­vo­ca­da por rom­pi­men­to de bar­ra­gem de mi­ne­ra­do­ra Samarco
Pancs – A revolução alimentar
Alimentação al­ter­na­ti­va e in­ves­ti­ga­ti­va, sai­ba so­bre as plan­tas ali­men­tí­ci­as não con­ven­ci­o­nais, o pro­je­to Ka’a-eté e as Pancs do Tear
Esculturas de seda
Arte fei­ta pe­la na­tu­re­za, o im­pres­si­o­nan­te tra­ba­lho das ara­nhas na Austrália
Diário do Quintal – Carambola
O má­gi­co Gavião, trans­for­mou a es­tre­la em al­go que se co­me.
Diário do Quintal – Um não vive sem o outro
Lá vem o man­ga­rá e com ele quem?
Memória da Arte Educação
A arte/Educação se­la uma  no­va ami­za­de: a me­mó­ria. O Astrolábio pu­bli­ca sé­rie de en­tre­vis­tas iné­di­tas com a que po­de­ria se cha­mar 1ª Geração de Arte-Educadores do Brasil,  re­vi­si­tan­do as raí­zes e ra­di­can­tes que têm for­ti­fi­ca­do o Tear ao lon­go dos seus 35 anos de exis­tên­cia.
Memórias da Arte Educação
A arte/Educação se­la uma  no­va ami­za­de: a me­mó­ria. O Astrolábio pu­bli­ca sé­rie de en­tre­vis­tas iné­di­tas com a que po­de­ria se cha­mar 1ª Geração de Arte-Educadores do Brasil,  re­vi­si­tan­do as raí­zes e ra­di­can­tes que têm for­ti­fi­ca­do o Tear ao lon­go dos seus 35 anos de exis­tên­cia.
A Festa que é um Rio de Histórias
35 Anos ocu­pan­do a ci­da­de com ar­te
Nos Fluxos da Rota Brasil
Conheça uma ro­ta de pon­tos de cul­tu­ra que fa­zem a di­fe­ren­ça na ci­da­de do Rio de Janeiro
Quintais do Xingu
O ter­mo in­fân­cia  nas­ce com a au­sên­cia de fa­la. Gabriela Romeu  vai na con­tra­mão des­se sig­ni­fi­ca­do e bus­ca dar voz às cri­an­ças a par­tir do pro­je­to Infâncias .
Bizunga, a dona do Toré
Uma beija-flor brin­can­te, guar­diã da me­mó­ria vi­va das brin­ca­dei­ras no Quilombo Carcará, na zo­na ru­ral de Potengi, no Cariri ce­a­ren­se.
Um Rio de Histórias – O Rio que nunca existiu
Venha pas­se­ar co­nos­co por um Rio de so­lu­ções ima­gi­na­das pa­ra pro­ble­mas con­cre­tos de mo­bi­li­da­de, po­lui­ção, edu­ca­ção e meio am­bi­en­te.
Hidroelétricas na Amazônia, qual é o problema? produzem “energia limpa”?
Animação ex­pli­ca di­rei­ti­nho o que acon­te­ce
Um Encontro de poesia, música e cultura da infância
Regis­tro do­cu­men­tal, com ma­té­ri­as de jor­nais e fo­tos, ren­de ho­me­na­gem à me­mó­ria de Maria Mazzetti, cu­jos po­e­mas, mu­si­ca­dos por Denise Mendonça na dé­ca­da de 1970, de­ram ori­gem ao dis­co infanto-juvenil OLÁ, que co­me­mo­ra 35 anos.
Diário do Quintal – Diversidade do Quintal
 
Arte do Barro – Gente da Roça
As ce­râ­mi­cas do Jequitinhonha à Tracunhaém, são exi­bi­das na sé­rie do­cu­men­tal “A Arte do Barro” re­a­li­za­da pe­lo Tear
Diário do Quintal – Cenoura
Nos fun­dos da ca­sa que ha­bi­ta o Tear, é guar­da­do um es­pa­ço de cul­ti­vo de si e da ter­ra, on­de o en­can­ta­men­to da brin­ca­dei­ra faz bro­tar uni­ver­sos.
Diário do Quintal – Da Terra nascem mundos
Nos fun­dos da ca­sa que ha­bi­ta o Tear, é guar­da­do um es­pa­ço de cul­ti­vo de si e da ter­ra, on­de o en­can­ta­men­to da brin­ca­dei­ra faz bro­tar uni­ver­sos.
O Processo – Fio e Feminino
Bordô, gra­fi­tei­ra e ar­te edu­ca­do­ra do Tear, fa­la de seu pro­ces­so cri­a­ti­vo e de sua ex­pe­ri­ên­cia na com­pa­nhia ci­ran­dei­ra.
Arte do Barro – Mulher
Mulher é mais do que se pen­sa
Diário do Quintal – Romã
Nos fun­dos da ca­sa que ha­bi­ta o Tear, é guar­da­do um es­pa­ço de cul­ti­vo de si e da ter­ra, on­de o en­can­ta­men­to da brin­ca­dei­ra faz bro­tar uni­ver­sos.
Um olhar sobre a ruína
um olhar que rein­ven­ta o aban­do­no, re­ve­lan­do a poé­ti­ca con­ti­da na na­tu­re­za do tem­po, das cons­tru­ções e seu (des)uso.
As cores quentes do Sudão
Fotografias cap­tu­ram na África mo­men­tos de ra­ra be­le­za na re­la­ção ho­mem na­tu­ra
Rádio Yandê
  A Rádio Yandê é a pri­mei­ra we­brá­dio in­dí­ge­na do Brasil. Informativa, edu­ca­ti­va e cul­tu­ral, bus­ca di­fun­dir as cul­tu­ras in­dí­ge­nas com uso das no­vas tec­no­lo­gi­as.
Diário do Quintal – Chaya
Nos fun­dos da ca­sa que ha­bi­ta o Tear, é guar­da­do um es­pa­ço de cul­ti­vo de si e da ter­ra, on­de o en­can­ta­men­to da brin­ca­dei­ra faz bro­tar uni­ver­sos.
A poética do deslimite
Cartografia so­bre um Brasil de ar­tis­tas vis­ce­rais.
Afrobetizar
Vanessa Andrade fa­la de sua ex­pe­ri­ên­cia no pro­je­to que tem co­mo pro­pó­si­to le­gi­ti­mar o cor­po co­mo ter­ri­tó­rio de afir­ma­ção da ne­gri­tu­de.
Arte do Barro – O Pacto
As ce­râ­mi­cas do Jequitinhonha à Tracunhaém, são exi­bi­das na sé­rie do­cu­men­tal “A Arte do Barro” re­a­li­za­da pe­lo Tear
Um passeio pelo Território do Brincar
Uma vi­a­gem pe­lo Brasil em bus­ca de brin­que­dos e brin­ca­dei­ras. Território do Brincar é um pro­je­to fei­to em fa­mí­lia, e apre­sen­ta uma co­le­ção de in­fân­ci­as es­pa­lha­das pe­lo país.
Diário do Quintal – Composteira
Nos fun­dos da ca­sa que ha­bi­ta o Tear, é guar­da­do um es­pa­ço de cul­ti­vo de si e da ter­ra, on­de o en­can­ta­men­to da brin­ca­dei­ra faz bro­tar uni­ver­sos.